LPI Certificação Linux

0

Verificando a velocidade da sua placa de Rede

admin 3 de maio de 2012

Iniciarei uma série com alguns posts de ferramentas para análise de performance no linux. São conhecimentos bastante relevantes para o mercado de trabalho assim como engloba conhecimentos gerais no Linux que ajudarão a matar questões nas provas LPI.

Nesse post irei comentar algo básico mas que, várias vezes, noto que administradores de sistemas/rede não  conhecem ou ficam meio perdido. Mostrarei como verificar a velocidade da sua placa de rede ( LAN type ) , qual IRQ usa, o tipo de chip, modo de operação…
O comando para verificar mensagens do kernel durante a inicialização é o dmesg ( cobrado em provas de certificação ).
Esse comando “loga” informações de hardware, drivers, módulos do kernel carregados, dentre outras informações durante a inicialização e é útil para detectar algum problema de hardware ou driver que não foi carregado durante o boot do sistema.
Como nossa intenção é procurar informações relativas a nossa placa de rede ( eth1 ), nesse caso, teremos que filtrar essa informação com  comando grep.
filipemotta@localhost:~#  dmesg | grep eth1


[    1.381128] e1000e 0000:03:00.0: eth1: (PCI Express:2.5GB/s:Width x1) e4:11:5b:ae:eb:b5
[    1.381222] e1000e 0000:03:00.0: eth1: Intel(R) PRO/1000 Network Connection
[    1.381395] e1000e 0000:03:00.0: eth1: MAC: 3, PHY: 8, PBA No: FFFFFF-0FF
[    8.570192] e1000e: eth1 NIC Link is Up 100 Mbps Full Duplex, Flow Control: None
[    8.570289] e1000e 0000:03:00.0: eth1: 10/100 speed: disabling TSO
[    8.571338] ADDRCONF(NETDEV_CHANGE): eth1: link becomes ready
[   18.888010] eth1: no IPv6 routers present
Como podem verificar, a modelo da minha placa de rede e o mais importante, a velocidade da minha placa de rede, o Link e o modo de operação, no caso 1000, 100Mbps  e Full Duplex, respectivamente.
Bem, existe mais de uma maneira de você verificar essas informações sendo apresentado mais amigavelmente, uma delas é a ferramenta ethtool, uma ferramenta capaz de mostrar e manipular informações relativa a placa de rede tais como a velocidade da interface de rede, se a mesma está negociando de forma automática, características e status de uma foma geral.
filipemotta@localhost:~# ethtool eth1

Settings for eth1:
Supported ports: [ TP ]
Supported link modes:   10baseT/Half 10baseT/Full 
                       100baseT/Half 100baseT/Full 
                       1000baseT/Full 
Supports auto-negotiation: Yes
Advertised link modes:  10baseT/Half 10baseT/Full 
                       100baseT/Half 100baseT/Full 
                       1000baseT/Full 
Advertised pause frame use: No
Advertised auto-negotiation: Yes
Speed: 100Mb/s
Duplex: Full
Port: Twisted Pair
PHYAD: 1
Transceiver: internal
Auto-negotiation: on
MDI-X: off
Supports Wake-on: pumbag
Wake-on: g
Current message level: 0×00000001 (1)
Link detected: yes
Como podem notar, a saída desse comando é mais amigável e nos informa que a placa de rede suporta auto-negociação, que auto-negociação está habilitada e velocidade é de 100Mb/s, suporta até 1000Mb/s e está no modo de operação Full Duplex ( recebe e transmite simultaneamente ).
O comando ethtool é bastante poderoso e pode manipular várias informações da rede ethernet, como por exemplo a priorização de tarefas de rede pela CPU ( ex.: integridade, fragmentação do pacote… ).
Para maiores informações sobre o ethtool, recomendo a leitura do manual do pacote.
filipemotta@localhost:~# man ethtool
Tagged with:

Deixe um comentario

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!

Please enable JavaScript to pass anti-spam protection!
Here are the instructions how to enable JavaScript in your web browser http://www.enable-javascript.com.
Anti-spam by CleanTalk.